Quinta, 20 de janeiro de 2022
82 99669-5352
Blogs

25/11/2021 às 19h17 - atualizada em 25/11/2021 às 20h52

Laís Feijó

Maceió / AL

Resiliência laboral: qual a importância na sua carreira?
Cenário atual do país gera pressão por cumprimento de metas, aumento da responsabilidade, stress e desafios dentro das empresas.
Resiliência laboral: qual a importância na sua carreira?
A resiliência é valorizada pelas empresas e se torna um diferencial para o candidato. FOTO: reprodução.

Após um longo período de pandemia, diante de um cenário laborativo extremamente competitivo, da cobrança por resultados e da instabilidade econômica e política do Brasil, percebemos uma exaustão mental que acomete a todos. Esse cenário gera pressão por cumprimento de metas, aumento da responsabilidade, stress e desafios dentro das empresas.


Fora as pressões do trabalho, ainda temos que lidar com o stress da vida diária. A maneira como cada pessoa reage a essas situações depende da atitude de cada uma. Essa variação de reações está relacionada ao perfil de resiliência de cada um.


A resiliência é um conceito originário da física e significa a capacidade que alguns materiais têm de voltar ao seu estado original sem deformação após ser submetido à pressão. Na ciência humana, é definida como a capacidade do indivíduo de superar adversidades sem ser afetado por elas de modo negativo e permanente.


Cada vez mais no ambiente laboral é esperado que os colaboradores suportem a pressão diária e lidem com as mudanças. Mais do que isso, que os profissionais sejam capazes de se adaptar de maneira rápida e eficaz aos novos desafios, atuar com competência mesmo sob pressão, demonstrar criatividade e encontrar soluções, mesmo com poucos recursos, e manter a calma, a integridade e a alta performance em situações adversas.


A resiliência está relacionada a altos níveis de engajamento e performance dos funcionários e a uma melhor saúde e bem-estar, pois atua como um “amortecedor” contra o stress e burnout. Independentemente dos desafios que enfrentam, seja no mundo do trabalho ou na vida pessoal, os profissionais resilientes têm a capacidade de se manterem centrados.


Por isso, em muitos processos seletivos as empresas têm buscado pessoas com esta habilidade, pois profissionais com essa qualidade, geralmente, buscam e encontram soluções com mais agilidade, além de inspirarem os colegas de equipe que não têm essa capacidade a agirem com centramento e juntos geram uma cultura de resiliência.


A resiliência não é uma habilidade inata. Ao longo da vida, a pessoa pode desenvolver essa característica. Uma pessoa resiliente olha em perspectiva; procura observar os desafios do dia a dia com objetividade e praticidade; cria e fortalece redes de apoio; compara as coisas ruins que acontecem em sua vida com as boas e, a partir disso, desenvolve e aprimora seu equilíbrio emocional.


 Lidar com as chateações, construir uma força mental para lidar com as adversidades e as frustrações; aceitar pequenos sacrifícios para alcançar suas metas; transformar os desafios em oportunidades, também são características de uma pessoa resiliente.


Assista ao quadro Manda Jobs, com Laís Feijó, falando sobre a resiliência laboral.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Manda Jobs

Manda Jobs

Blog/coluna Laís Feijó traz dicas para você conseguir o emprego que sempre quis e alavancar sua carreira. Você também encontra informações sobre esse tema toda quinta, no Impacta.
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados