Sexta, 01 de julho de 2022
82 99669-5352
Política

22/06/2022 às 19h10

Felipe Farias

Maceió / AL

Convite a nomes da corporação agita eleições em Alagoas
Convite a nomes da corporação agita eleições em Alagoas
Convite a nomes da corporação agita eleições em Alagoas
Uma das postagens, citando o oficial que estava à frente do CPC (já na nova gestão), mas, foi transferido para área administrativa. (Foto: reprodução/Emergência190)

A projeção de bom resultado eleitoral é uma das dificuldades para segmentos ligados ao governo federal e para o futuro ex-senador Fernando Collor (PROS) para formação de chapa, mesmo entre nomes que, devido à formação da carreira, poderiam se alinhar ideologicamente a seu grupo: os integrantes da Polícia Militar.


De acordo com o portal Emergência 190, um dos oficiais que já estão “com om nome nas ruas” foi procurador pelo atual representante de Alagoas no Congresso.


Pelas contas do portal, o Coronel PM Rocha Lima teria uma parte dos 300 veículos com adesivos apresentando seu nome.


Bem característico da linha ideológica alinhada com o governo federal, o adesivo traz um desenho semelhante ao de uniformes camuflados e, entre as inscrições estão palavras como “força e honra”.


O convite a nomes da corporação militar de Alagoas é bastante comum, pela projeção que naturalmente adquirem no trabalho de policiamento ostensivo, o que não se resume a prisões.


Nas comunidades em que atuam, vivem ou que “adotam”, muitos têm ações de cunho social e o perfil de pacificadores os torna nomes em potencial para concorrer nas urnas.


Além da representatividade na corporação, condição que levou um dos nomes que hoje integram o Legislativo estadual: o deputado Cabo Bebeto (PL).


Mas, cita que se sente perseguido na segurança pública: chegou a ser indicado pela PM para assumir o comando no 5º Batalhão (Benedito Bentes), mas, teve o nome vetado pelo secretário de Segurança Pública, delegado Flávio Saraiva.



E acrescenta que, se sente desprestigiado, ocupando uma função administrativa.


Porém, o site informa que o oficial foi procurado pelo senador do PROS, mas, falam mais alto sua fidelidade ao ex-governador Renan Calheiros (MDB), ao senador Renan Calheiros (MDB) e ao presidente da Assembleia Legislativa (MDB), deputado Marcelo Victor.

FONTE: Com Emergência 190

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados