Quinta, 18 de agosto de 2022
82 99669-5352
Cidades

04/07/2022 às 13h41 - atualizada em 04/07/2022 às 19h52

Derek Gustavo

Maceió / AL

Semarh: Chuva em Alagoas perde intensidade, mas continua pelos próximos dias
Apenas no fim de semana choveu 75% do esperado para todo o mês de julho.
Semarh: Chuva em Alagoas perde intensidade, mas continua pelos próximos dias
Chuva perde intensidade, mas continua nos próximos dias em Alagoas. FOTO: reprodução

A chuva deve continuar em Alagoas nos próximos dias, mas com intensidade menor que a registrada no fim de semana. É o que diz o novo aviso meteorológico emitido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) nesta segunda-feira (4).


De acordo com o meteorologista Vinicius Pinho, coordenador da Sala de Alerta da Semarh, a previsão para esta segunda ainda é de chuvas isoladas, intercaladas com períodos secos no Litoral, Maceió, Região Metropolitana da capital, Zona da Mata e Agreste.


Ainda segundo Pinho, essa é a situação que deve permanecer nos próximos dias.


Somente no fim de semana, o estado recebeu 75% da chuva esperada para todo o mes de julho.


Agora, no entanto, essa chuva passa a ter uma intensidade menor em pontos isolados de Alagoas, que já tem 51 cidades (metade dos Municípios do estado) em situação de emergência.


Apesar da intensidade mais fraca, essa chuva ainda pode alterar o nível dos rios. Em várias cidades eles transbordaram e provocaram alagamentos.


"Hoje nossa principal preocupação é com o Rio Jacuípe, que se mantém [com nível] elevado com mais de um metro acima do nível de transbordo, porém já está descendo", explica Pinho.


"Os rios Mundaú e Paraíba já diminuíram seus volumes significativamente, porém essa água afeta ainda a região das lagoas Mundaú e Manguaba, que se mantêm elevadas, atingindo os municípios que são banhados por elas", prossegue. Moradores de bairros e municípios às margens das lagoas já começaram a sentir o aumento do nível. Várias ruas ficaram alagadas, mesmo sem chuva.


Não só os alagamentos, mas os deslizamentos também são motivo de preocupação, já que o solo continua bastante encharcado.

FONTE: com informações do g1 Alagoas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados