Quinta, 18 de agosto de 2022
82 99669-5352
Mundo

04/07/2022 às 21h08

Acta

MACEIO / AL

Jovem de 20 anos, que precisaria de seis transplantes, planeja morte assistida
Eric Coulam vive no Canadá e revelou a decisão para famíliares e amigos durante um 'churrasco de despedida' para 600 pessoas.
Jovem de 20 anos, que precisaria de seis transplantes, planeja morte assistida
Após anos de sofrimento, jovem de 20 anos planeja morte assistida (Foto: Reprodução/ NY Post / Go Found Me)

Após anos observando sua saúde deteriorar, Eric Coulam, de 20 anos, que vive na Colúmbia Britânica, no Canadá, decidiu planejar sua morte assistida.


De acordo com o NY Post, ele vem ao longo de uma década passando por vários tratamentos. Eric foi diagnosticado com doença hepática e renal e devido a uma misteriosa condição gastrointestinal, ele afirmou preferir acabar com o sofrimento.


Ele conta que durante grande parte de sua vida suportou dores no abdômen e chegou a perder o intestino delgado, lidar com dores crônicas, além de sofrer com infecções. “Haverá um fim para o sofrimento. Eu sofro o dia todo. Estou confinado em um quarto há muito tempo e já estou farto”, disse ao explicar sua decisão.


Durante um desses episódios, Eric entrou em choque séptico quando parte de seu intestino se rompeu, e precisou correr para o pronto-socorro. “Fiquei em coma por algum tempo”, contou.


Depois de passar por exames, ele foi informado que sua única chance de sobrevivência seria passar pelo transplante de seis órgãos e que mesmo depois das cirurgias, as chances de recuperação seriam de 50%.


Diante disso, resolveu reunir familiares e amigos para comunicar sua decisão. Eric convidou 600 pessoas para participar de um "churrasco de despedida" e dizer que não está mais disposto a viver com dor constante. “Às vezes fico deitado à noite e fico triste. A maioria das vezes, fico na esperança de um dia melhor porque estou com muita dor o tempo todo”, disse ele ao Mirror. “Eu tomo muitos remédios apenas para ficar confortável por algumas horas", acrescentou.


O jovem contou que tem ideia de quando pretende encerrar sua vida e onde fará isso. No entanto, ainda não sabe precisar uma data, mas que será feita quando realizar algumas coisas e visto algumas pessoas antes de seu último adeus. "Eu posso ir quando estiver pronto. Não quando realmente estiver doente ou quando tirarem meus remédios ou qualquer coisa desse tipo. É quando estiver pronto. Eu pensei sobre isso por um tempo e sabia que era o que eu queria fazer. Foi difícil contar para todo mundo."


De acordo com a publicação, o Parlamento do Canadá aprovou uma legislação federal, há seis anos, que permite que adultos elegíveis solicitem assistência médica para morrer. A lei  afirma que o paciente deve ter uma “doença ou deficiência grave e incurável” e também estar com dor física ou psicológica que a medicação não consegue controlar.


Boa ação


Após a decisão de Eric Coulam, amigos decidiram arrecadar dinheiro para o ajudar a realizar sua lista final de desejos. Em uma página do Go Found Me, Brittney Yawney tomou a iniciativa e espera coletar 25 mil dólares, cerca de 134 mil reais na cotação atual. A campanha está no ar há cinco dias e atualmente 920 dólares, 4.895 reais, foram arrecadados.


"Como sabemos Eric está em estado terminal aos 20 anos e infelizmente não tem cura. Terminei de falar com Eric pelo telefone esta noite e Eric me disse como ele tem uma lista de coisas que gostaria de fazer antes de dizer 'adeus', mas financeiramente não pode pagar muito por estar em casa," dizia a mensagem.


"Eu criei este GoFundMe na esperança de que isso lhe permitisse fazer coisas como passeios de helicóptero, participar de eventos/concertos e comer comidas e bebidas que não são as do hospital. [...] Eric gostaria de viver seus últimos dias despreocupado e se divertir tanto quanto seu corpo pode suportar".


 

FONTE: g1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados