Quinta, 29 de setembro de 2022
82 99669-5352
Economia

22/09/2022 às 21h10

Acta

MACEIO / AL

Receita abre nesta sexta consulta ao último lote de restituição do IR
A previsão é de que o pagamento do 5º e último lote a 1,2 milhão de contribuintes ocorra em 30 de setembro. Saiba como consultar.
Receita abre nesta sexta consulta ao último lote de restituição do IR
Foto: Kelly Sikkema/Unsplash

A Receita Federal abre, nesta sexta-feira (23/9), às 10h, a consulta ao quinto e último lote de restituição do Imposto de Renda 2022, relativo às declarações do ano-base de 2021. Esse lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores.


Ao todo, o lote será pago a 1.220.501 contribuintes e as restituições somam R$ 1,9 bilhão. Os recursos serão depositados em 30 de setembro.


Para consultar, o contribuinte deve acessar o site da Receita, na opção “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, clicar em “Consultar Restituição”. Na página, está disponível a opção de fazer a consulta simples ou completa da situação da declaração.


Ainda é possível solicitar a retificação, caso encontre alguma pendência no registro. A consulta também está disponível no aplicativo da Receita Federal.


Quem recebe?


Do valor total do lote, R$ 221,1 milhões serão pagos a contribuintes com prioridade legal:


             idosos acima de 80 anos (5.201 pessoas);


             contribuintes entre 60 e 79 anos (36.492 pessoas);


             contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (4.247 pessoas); e


             contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (15.378 pessoas).


Foram contemplados ainda 1.159.183 de contribuintes não prioritários.


Como saber se caiu na malha fina?


Ao realizar a consulta, o contribuinte poderá saber se há ou não pendências que impeçam o pagamento da restituição, ou seja, se ele caiu na chamada “malha fina”.


Também é possível acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no e-CAC para obter a informação.


Para acessar o extrato do IR, é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.


Entre março e setembro de 2022, a Receita Federal recebeu 38.188.642 declarações do IRPF 2022, ano-base 2021. Dessas, 1.032.279 declarações foram retidas em malha. Esse número representa 2,7% do total de documentos entregues.


São 811.782 declarações com Imposto a Restituir (IAR), representando 78,6% do total em malha; 198.541 declarações, ou 19,2% do total em malha, com Imposto a Pagar (IAP) e 21.956, com saldo zero, representando 2,1% do total em malha.


Os principais motivos:


41,9% – Omissão de rendimentos sujeitos ao ajuste anual de titulares e dependentes declarados;


28,6% – Deduções da base de cálculo, sendo as despesas médicas, o principal motivo de dedução;


21,9% – Divergências no valor de IRRF entre o que consta em Dirf e o que foi declarado pela pessoa física, entre outros, a falta de informação do beneficiário em Dirf, e a divergência entre o valor informado na DIRPF e na Dirf.


Já os outros 7,6% são motivados por deduções do imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados, e divergência de informação sobre pagamento de carnê-leão e/ ou imposto complementar.

FONTE: Metrópoles

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados