Quarta, 01 de fevereiro de 2023
82 99669-5352
Polícia

24/01/2023 às 19h52 - atualizada em 25/01/2023 às 16h46

Acta

MACEIO / AL

[Vídeo] Entregador denuncia que foi agredido por cliente no bairro da Jatiúca, em Maceió
Segundo ele, cliente o acertou com o celular no rosto e o chutou no elevador do prédio
[Vídeo] Entregador denuncia que foi agredido por cliente no bairro da Jatiúca, em Maceió
Segundo o entregador, cliente o acertou com o celular no rosto e o chutou no elevador do prédio

Um entregador por aplicativo procurou a polícia nesta terça-feira (24) para denunciar que foi agredido por uma cliente no bairro da Jatiúca, em Maceió. Parte da discussão foi registrada em vídeo pelo próprio trabalhador, que afirma ter sido agredido pela cliente com um celular no rosto e chutes dentro do elevador do prédio.


Segundo ele, o desentendimento começou porque a mulher recusava a descer para buscar o pedido. Na sequência, quando desceu para pegar a comida, teria se negado a passar o código do pedido, solicitado pelo entregador. O conflito tem se tornado frequente em todo o país, sempre pelo mesmo motivo. 


O entregador é José Rodrigues, que trabalha na área há três anos.


"Eu cheguei no endereço da cliente e informei o porteiro que eu não subia no edifício e ele informou que ela não descia. A cliente desceu e simplesmente chegou até a mim e começou a me xingar, a falar que eu sou preguiçoso. Começou a dizer um monte de coisa comigo. Simplesmente pegou o alimento que estava em cima da bag, sem me dar o código nem nada e simplesmente levou o pedido embora. E esse código é obrigatório os clientes entregarem e o entregador é obrigado a pedir esse código e entregar o pedido depois que receber esse código. E isso ia me prejudicar", relata o entregador José Rodrigues, em entrevista à imprensa.


Na sequência, segundo José Rodrigues, ele foi em direção a mulher. "Eu pedi: 'Moça, me devolva o pedido'. Estendi a mão para pegar o pedido e ela simplesmente pegou o celular dela e meteu no meu rosto", afirma o entregador, mostrando ferimento no nariz. Em seguida, ele continua a relatar:


"Ela ia entrar no elevador, eu coloquei a mão e segurei o elevador para ela não subir com o pedido e nisso ela começou a me dar vários chutes dentro do elevador. Começou a me agredir dentro do elevador", conta.


Ele diz que gravou a cena com o celular. "Mas mesmo assim ela não parou de me xingar e me humilhar".


Rapidamente, o caso ganhou repercussão. Ainda na tarde desta terça-feira (24), entregadores foram à porta do prédio onde o episódio ocorreu para protestar.


José Rodrigues registrou um Boletim de Ocorrência na Central de Flagrantes e, em seguida, ele irá fazer exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML).


 


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2023 :: Todos os direitos reservados