Terça, 18 de junho de 2024
82 99669-5352
Polícia

25/05/2023 às 15h53

Alberto Lima

Maceió / AL

Pai é preso acusado de estuprar a própria filha de 4 anos em zona rural de Senador Rui Palmeira
A menina chegou à escola apresentando sangramento nas partes íntimas
Pai é preso acusado de estuprar a própria filha de 4 anos em zona rural de Senador Rui Palmeira

Um homem de 36 anos foi preso na manhã de quarta-feira (24) pelo 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM), sob a acusação de estuprar sua própria filha de 4 anos. A prisão ocorreu no Sítio Cartucho, localizado na zona rural de Senador Rui Palmeira.


O Grupamento de Polícia Militar (GPM) recebeu informações do Conselho Tutelar, que suspeitava que o pai teria abusado sexualmente da criança. Segundo relato da conselheira, a menina chegou à escola apresentando sangramento nas partes íntimas, o que levantou suspeitas. A vítima foi imediatamente encaminhada ao hospital da cidade para receber atendimento médico.


Com base nas informações recebidas, o GPM dirigiu-se à residência do acusado e efetuou sua prisão. O homem foi conduzido ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Delmiro Gouveia, onde seria apresentado em flagrante.


Este caso chocante de abuso sexual contra uma criança coloca em evidência a importância do trabalho conjunto entre as autoridades policiais e os órgãos de proteção à infância, como o Conselho Tutelar. O rápido acionamento das autoridades e a pronta resposta da polícia demonstram o comprometimento em garantir a segurança e proteção das vítimas de abuso infantil.


As investigações devem prosseguir para reunir todas as evidências necessárias ao processo legal. Casos de violência sexual contra crianças são considerados extremamente graves e merecem a devida atenção e rigor na aplicação da lei para punir os responsáveis e garantir a proteção das vítimas.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados