Quarta, 17 de julho de 2024
82 99669-5352
Entretenimento

01/06/2023 às 17h47

Acta

MACEIO / AL

Suspeitos agiram para matar Jeff Machado durante relação sexual com ator, diz MP
Ministério Público do Rio de Janeiro pediu prisão temporária dos suspeitos, que teriam aproveitado momento do ato sexual para estrangular o ator.
Suspeitos agiram para matar Jeff Machado durante relação sexual com ator, diz MP
Jeff Machado foi encontrado morto e enterrado em um baú aos 44 anos. FOTO: Reprodução/Instagram

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) pediu a prisão temporária de Bruno de Souza Rodrigues e de Jeander Vinícius da Silva Braga, apontados como responsáveis pelo assassinato do ator Jeff Machado.


O crime teria sido premeditado por Bruno, com auxílio de Jeander, segundo o pedido de prisão assinado pelo promotor de Justiça Sauvei Lai. A Polícia Civil indiciou ambos por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.


“Os ora indiciados são suspeitos de praticarem os crimes de homicídio e de ocultação de cadáver contra Jefferson, aproveitando-se do momento em que mantinham relação sexual com a vítima para pôr em prática plano criminoso, estrangulando-a e colocando o seu cadáver em um baú, para, posteriormente, ocultá-lo no terreno do imóvel alugado por Bruno, onde o enterraram e concretaram a cerca de dois metros de profundidade”, diz o pedido de prisão.


Entenda o caso


O ator Jeff Machado, de 44 anos, foi encontrado morto e enterrado em um baú sob dois metros de concreto, no quintal de uma casa em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na segunda-feira (22). Ele estava com os braços amarrados acima da cabeça e ferimentos no pescoço.


Ele estava desaparecido desde janeiro. À época, interpretava um soldado filisteu na novela Reis, exibida desde março de 2022 na Record TV.


De acordo com as investigações, Bruno e Jeander tinham como objetivo obter vantagens econômicas da vítima, como a venda do imóvel e do carro.


Bruno Rodrigues era produtor artístico e amigo do ator. Segundo as investigações, Bruno sublocou o imóvel onde o corpo foi encontrado e chegou a movimentar cerca de R$ 5 mil na conta de Jeff Machado após o registro do desaparecimento na delegacia.


Além de Bruno, a polícia indiciou Jeander Vinicius da Silva, que também era próximo da vítima. Durante depoimento, Jeander confessou que ocultou o corpo do ator, mas negou o assassinato.


À CNN, o advogado de Bruno Rodrigues afirmou que aguarda com serenidade o avanço das investigações.


“Apesar do corpo de Jefferson Machado ter sido localizado, as circunstâncias de sua morte e as hipóteses ainda não foram totalmente descartadas. Ainda há diligências em andamento e assim que elas forem produzidas e entregues à defesa, essa se compromete a se manifestar de modo mais específico”, afirma João Maia, advogado do suspeito.

FONTE: CNN Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados