Quarta, 17 de julho de 2024
82 99669-5352
Política

07/06/2023 às 17h31 - atualizada em 08/06/2023 às 10h08

Acta

MACEIO / AL

PF encontrou minuta de GLO e menção a estado de defesa no celular de Cid
Para investigadores, está mais que comprovado que ex-braço-direito de Bolsonaro participou de planos golpistas após a derrota do ex-presidente nas eleições. Outros interlocutores das conversas devem ser ouvidos pela polícia.
PF encontrou minuta de GLO e menção a estado de defesa no celular de Cid
PF encontrou documentos comprometedores no celular de Mauro Cid. FOTO: reprodução

A perícia no celular apreendido do coronel Mauro Cid, braço direito do ex-presidente Jair Bolsonaro, extraiu muitas trocas de mensagem, áudios e até troca de documentos sobre movimentos golpistas para manter Bolsonaro no poder, depois da derrota nas urnas ano passado.


Mauro Cid foi questionado sobre isso no depoimento de terça-feira (06) à Polícia Federal, mas ficou em silêncio.


Foram identificadas, por exemplo, segundo fontes que acompanham o caso, minuta para decretação de GLO (Garantia da Lei e da ), que permite exclusivamente ao presidente da República convocar operação militar das Forças Armadas, em graves situações de perturbação da . E tratativas para decretação do Estado de Defesa.


Ficou mais do que comprovado, segundo as investigações, que Mauro Cid participou ativamente de planos golpistas no pós-eleições.


Vários interlocutores dele, identificados na perícia do celular, estão na mira agora da apuração da PF. Alguns nomes ainda são mantidos sob absoluto, pelo cargo de destaque que ocupavam no governo passado. O inquérito avança neste sentido.


Outros já estão sendo chamados para depor e até mesmo foram detidos na mesma operação da PF que levou Mauro Cid para a prisão, no começo de maio.


Foram flagrados nas tramas para um golpe o ex-major do Exército Ailton Gonçalves Moraes Barros e o sargento Luis Marcos dos Reis, que era da equipe de Mauro Cid.


O sargento, que também está preso, deve prestar depoimento na tarde desta quarta-feira na sede da PF em Brasilia.

FONTE: g1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados