domingo, 25 de fevereiro de 2024
82 99669-5352
Tecnologia

17/10/2023 às 13h32 - atualizada em 17/10/2023 às 16h20

Alberto Lima

Maceió / AL

Funil de seleção do 1° Ciclo de Inovação Aberta de Maceió começa nesta quarta (18)
Iniciativa recebeu 103 propostas de soluções para quatro desafios
Funil de seleção do 1° Ciclo de Inovação Aberta de Maceió começa nesta quarta (18)

O funil de seleção do 1º Ciclo de Inovação Aberta de Maceió começa nesta quarta-feira, 18, no auditório do Senai Poço, em Maceió. No total, 103 propostas de soluções de pessoas físicas, jurídicas, startups e consórcios de várias partes do Brasil foram inscritas: 29 ideias para o desafio do ordenamento urbano, 26 para o da saúde e 24 para os desafios da empregabilidade e da fiscalização urbana.


 


No local, durante quatro dias (um para cada desafio), serão divulgadas as apresentações submetidas por quem seguirá para a próxima fase do programa. As melhores soluções para os quatro obstáculos enfrentados pelo Município valerão até R$ 50 mil cada.


 


Conduzido pela Secretaria Municipal de Estratégias Disruptivas, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedciti), o programa tem duração média de seis meses. O objetivo é fomentar a cultura de inovação na cidade e buscar o envolvimento de diversos cidadãos que possam propor soluções práticas e viáveis que tragam melhorias à capital alagoana e, consequentemente, à vida do maceioense.


 


Para o secretário municipal de Ciência e Tecnologia de Maceió, Sergio Túlio Cavalcante, a quantidade de inscritos é resultado do esforço dos integrantes da Sedciti e do apoio recebido por todos os atores que fazem parte do ecossistema de inovação de Alagoas, que abriram espaço para a divulgação do ciclo.


 


“Só tenho a agradecer a todos pelo empenho. Por ser uma novidade, nossa meta inicial era ter 20 inscritos, sendo pelo menos cinco para cada desafio, mas conseguimos quase cinco vezes esse número. Temos certeza de que a população e a Prefeitura de Maceió estão lado a lado para melhorar, ainda mais, nossa cidade”, destacou Sérgio.


 


No edital do primeiro ciclo, há quatro desafios relacionados às áreas de saúde, trabalho, ordenamento urbano e fiscalização territorial. Durante o processo, os participantes contarão com apoio de professores especialistas do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e da estrutura e profissionais do Senai Alagoas. Os interessados inscreveram propostas para até dois obstáculos.


 


O dinheiro da premiação é fruto de um convênio firmado com Ministério da Ciência e Tecnologia, viabilizado por meio de uma emenda parlamentar do senador Rodrigo Cunha. Há ainda, a possibilidade de um contrato com a Prefeitura de Maceió no valor de R$ 1,6 milhão com validade de um ano.

FONTE: ASSESSORIA

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados