Terça, 18 de junho de 2024
82 99669-5352
Política

16/11/2023 às 17h55 - atualizada em 17/11/2023 às 09h38

Acta

MACEIO / AL

Governo do AM diz que esposa de traficante “não tinha legitimidade” para representar Comitê do estado no DF
Presidente do coletivo que levou a Brasília a esposa de um traficante disse à CNN que a responsabilidade pela viagem e agendas não foi dos ministérios da Justiça e Direitos Humanos.
Governo do AM diz que esposa de traficante “não tinha legitimidade” para representar Comitê do estado no DF
Luciane Barbosa Farias esteve no Congresso Nacional em março deste ano. FOTO: Reprodução/Instagram/luhfariasoficial

O governo do Amazonas disse à CNN que a presidente da ONG Liberdade do Amazonas, Luciane Farias, que é esposa do traficante conhecido como “Tio Patinhas”, não tinha legitimidade para ter participado do Encontro Nacional de Comitês e Mecanismos organizado pelo Ministério de Direitos Humanos em Brasília como representante do Comitê Estadual para a Prevenção e Combate à Tortura.


“A indicação de Luciane Barbosa Farias, como membro do Comitê Estadual, foi feita pelo Instituto Liberdade do Amazonas, através de edital de convocação para sociedade civil, conforme prevê o decreto de criação do comitê. Já a indicação da mesma para participar do Encontro de Comitês e Mecanismos de 2023, promovido pelo Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania, foi feita pela presidente interina do comitê, Natividade de Jesus Magalhães Maia, que integra o organismo como representante da Sociedade Civil”, disse o governo por meio de nota.


Ainda segundo o governo, para o mandato do biênio 2023/2025 os membros indicados para fazerem parte do Comitê Estadual, entre eles Luciane Barbosa Farias, “ainda aguardam nomeação”.


A advogada Natividade Maia, presidente do Comitê de Prevenção e Combate à Tortura do Amazonas, coletivo que levou a Brasília para audiências com autoridades a esposa de um traficante do Comando Vermelho, disse à CNN que a responsabilidade pela viagem e agendas não foi dos ministérios da Justiça e Direitos Humanos.


Sobre a nomeação da esposa do traficante, ela afirmou que o nome foi eleito pelo colegiado, mas ainda não foi divulgado no Diário Oficial.

FONTE: CNN Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados