domingo, 21 de abril de 2024
82 99669-5352
Geral

01/12/2023 às 20h00 - atualizada em 02/12/2023 às 11h11

Acta

MACEIO / AL

É falso! Colapso de mina da Braskem não deve afetar principal avenida de Maceió
A mina n°18, apontada com risco de afundamento pelos órgãos que monitoram a região, fica próxima ao antigo centro de treinamento do CSA, no Mutange, às margens da Lagoa Mundaú.
É falso! Colapso de mina da Braskem não deve afetar principal avenida de Maceió
Mensagem é fake. FOTO: reprodução/Agência Tatu

Como mostrado em matéria publicada pela Agência Tatu, uma das minas subterrâneas desativadas da empresa Braskem está em processo de colapso e há uma previsão de que pode afundar nas próximas horas, podendo oferecer risco para quem estiver no entorno. No entanto, a área de risco já foi mapeada e as pessoas que ainda viviam nas proximidades foram retiradas nas últimas horas. A mina n°18, apontada com risco de afundamento pelos órgãos que monitoram a região, fica próxima ao antigo centro de treinamento do CSA, no Mutange, às margens da Lagoa Mundaú.


O que estão dizendo?


Mensagens estão circulando com a informação de que o colapso iminente poderia afetar outros bairros e até a região do Cepa (Centro Educacional de Pesquisa Aplicada), localizado na Avenida Fernandes Lima, uma das maiores e mais importantes vias da capital alagoana. 


Oxe, é fake! 


Embora diversas autoridades e órgãos do poder público estejam monitorando a situação e atualizando o cenário em tempo real, tanto o Governo Federal, o Governo de Alagoas e a Prefeitura de Maceió garantem que toda a área que oferece risco imediato já foi desocupada e não há mais qualquer pessoa na região. Assim, o afundamento dessa mina não impactará, segundo os órgãos, em risco para outras localidades, como a Avenida Fernandes Lima, por exemplo.


Mapa de risco atualizado pela Defesa Civil de Maceió nesta quinta-feira (30)



Verde claro oferece risco imediato. A maior parte da região já estava desabitada. As pessoas que ainda viviam na área foram evacuadas nas últimas horas. A zona com tracejado vermelho passou de região de monitoramento e agora também está marcada como região para realocação. Toda a área de criticidade 00 está completamente desabitada, de acordo com informações da Defesa Civil de Maceió.


Verde escuro está em monitoramento e não oferece risco imediato. Área com linha branca estava fora da área de risco e passa a ser monitorada.


FONTE: Agência Tatu

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados