domingo, 25 de fevereiro de 2024
82 99669-5352
Entretenimento

12/02/2024 às 08h33 - atualizada em 12/02/2024 às 10h49

Acta

MACEIO / AL

Beija-Flor transforma Sapucaí em Maceió; veja fotos do desfile
O desfile retratou o Quilombo dos Palmares, o carnaval da capital alagoana (onde Benedito se identificava como príncipe etíope, como o imperador Rás Tafari) e culminou em Nilópolis.
Beija-Flor transforma Sapucaí em Maceió; veja fotos do desfile
Beija-Flor em desfile na Sapucaí. Foto: Alexandre Vidal

Segunda escola a atravessar a Avenida neste domingo (11), a Beija-Flor de Nilópolis narrou a história de Benedito dos Santos, conhecido como Rás Gonguila, um destaque nos carnavais alagoanos e também engraxate. A Azul e Branco recebeu um patrocínio de R$ 8 milhões da Prefeitura de Maceió, refletido em fantasias detalhadas e alegorias imponentes. A capital alagoana enfrentou recentemente uma tragédia com o rompimento de uma mina de sal-gema da Braskem, que resultou na evacuação apressada de 5 mil famílias. O prefeito João Henrique Caldas esteve presente no desfile na Marquês de Sapucaí. Um dos pontos altos do desfile foi o uso impressionante da iluminação cênica, destacando tanto a comissão de frente quanto as alegorias.


Benedito, nascido em 1905 na capital alagoana, tinha ascendência etíope e ouvia histórias de seus antepassados, que eram reis e rainhas em terras africanas, hoje parte da Etiópia, antigamente conhecida como Abissínia. Seu apelido, Gonguila, derivava de sua habilidade questionável num jogo: sempre que o pião girava pouco e caía, era chamado de "gonga". Adicionalmente, ele adicionou o título de Rás, que significa príncipe.


O desfile retratou o Quilombo dos Palmares, o carnaval da capital alagoana (onde Benedito se identificava como príncipe etíope, como o imperador Rás Tafari) e culminou em Nilópolis. O carro abre-alas, majestoso, com 21 metros de altura, girava para saudar o público e os jurados.


A Beija-Flor enfrentou contratempos com uma de suas alegorias na Avenida. O terceiro carro colidiu com o portão de entrada da Sapucaí, resultando em danos a dois beija-flores: um perdeu a cabeça e outro teve o bico e uma parte das penas danificadas.


O ator Samuel de Assis, que fez o Ben na novela "Vai na fé", interpretou Benedito no desfile e compartilhou sua ansiedade pelas semanas que antecederam o evento. Ele se sentiu honrado em ser coroado como príncipe durante a apresentação.


— João Vitor, o carnavalesco, já tinha me escolhido para o papel há muito tempo. Desde criança, sonhava em desfilar pela Beija-Flor e representar o enredo do ano — disse o ator.


Assim como a Porto da Pedra, a Beija-Flor também enfrentou problemas com a entrada de um dos carros alegóricos. Durante a manobra para entrar na avenida, a lateral de um deles colidiu com o portão de acesso à Sapucaí, resultando em danos aos elementos decorativos.


 



FONTE: Extra

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados