Quarta, 17 de julho de 2024
82 99669-5352
Saúde

12/02/2024 às 10h09 - atualizada em 12/02/2024 às 11h53

Acta

MACEIO / AL

Saúde de Maceió seguem com ações para combater Aedes aegypti
Trabalho integrado entre o serviço público e população é fundamental para combater o mosquito
Saúde de Maceió seguem com ações para combater Aedes aegypti
Trabalho integrado entre o serviço público e população é fundamental para combater o mosquito. Foto: Secom Maceió

A Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) tem realizado esforços continuados para combater o mosquito Aedes aegypti, vetor responsável pela transmissão de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya.


Por meio de um trabalho contínuo e estratégico, os agentes de endemias têm atuado nos bairros da capital alagoana, promovendo visitas domiciliares, monitoramentos em prédios públicos, escolas, postos de saúde e hospitais.


O coordenador de operação de campo do programa de Controle do Aedes da SMS, Daniel Tomás, destaca a importância dessas ações preventivas. "Estamos empenhados em realizar um trabalho minucioso e abrangente, atendendo aos protocolos estabelecidos e realizando intervenções diretas nos locais onde há suspeita ou confirmação de casos dessas arboviroses”, pontua.  


“Os agentes de combate ao Aedes aegypti estão realizando visitas domiciliares em nove bairros da capital (Chã da Jaqueira, Tabuleiro do Martins, Ponta Verde, Pajuçara, Mangabeiras, Centro, Levada, Trapiche da Barra e Pontal da Barra. Segue também fazendo monitoramentos em prédios públicos, escolas, postos de saúde e hospitais", afirma Daniel Tomás.


Além das visitas domiciliares, os agentes de endemias também estão presentes em pontos estratégicos de toda a capital, como cemitérios, locais de reciclagem, borracharias e oficinas, onde há maior propensão para a proliferação do mosquito. 


Para fortalecer ainda mais essas ações, a população pode contribuir realizando denúncias de locais com potencial para proliferação do vetor por meio do Disque Denúncia (82) 3315-5495 ou pelo WhatsApp (82) 98242-8489. Essa interação direta entre a comunidade e os órgãos de saúde é fundamental para identificar e corrigir situações que favoreçam a reprodução do mosquito.


Além disso, a Secretaria de Saúde de Maceió disponibiliza o Boletim Epidemiológico Arboviroses, que apresenta o cenário das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti na cidade, permitindo uma análise detalhada da situação e subsidiando as ações de controle e prevenção, disponível aqui.


Participação da população 


A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que é indispensável a participação de cada cidadão no esforço coletivo para combater o mosquito transmissor. Adotar práticas simples de inspeção em suas residências pode ser fundamental nessa batalha contra as doenças transmitidas pelo vetor.


Uma das medidas mais eficazes é a eliminação de recipientes que possam acumular água parada. Vasos de plantas, pneus velhos, garrafas e latas são exemplos comuns de objetos propícios à reprodução do Aedes aegypti. Manter esses recipientes sempre secos ou eliminá-los por completo ajuda a interromper o ciclo de vida do mosquito.


Outra orientação importante é a manutenção adequada das caixas d'água. Verificar regularmente se estão bem vedadas e sem vazamentos pode evitar o acúmulo de água parada, um ambiente ideal para a reprodução dos mosquitos. Além disso, é recomendável limpar as calhas e manter ralos fechados quando não estiverem em uso, impedindo o acesso do mosquito às áreas internas das residências.


Essas medidas simples, quando adotadas por todos, contribuem significativamente para reduzir a proliferação do Aedes aegypti e, consequentemente, o risco de transmissão de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya.


O engajamento da comunidade é essencial para proteger a saúde de todos e garantir um ambiente mais seguro e saudável.

FONTE: Secom Maceió

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados