domingo, 21 de abril de 2024
82 99669-5352
Saúde

17/02/2024 às 12h32 - atualizada em 18/02/2024 às 10h04

Acta

MACEIO / AL

Saúde aponta riscos do bronzeamento artificial e faz alerta à população de Maceió
Proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o uso de câmaras de radiação ultravioleta pode causar desde queimaduras e envelhecimento precoce até o câncer de pele
Saúde aponta riscos do bronzeamento artificial e faz alerta à população de Maceió
Vigilância Sanitária de Maceió está realizando fiscalizações em clínicas de estética para impedir a prática. Foto: Reprodução/Internet

Com intuito de garantir a segurança e a saúde da população, a Secretaria de Saúde de Maceió está fazendo um alerta aos maceioenses sobre os riscos do bronzeamento artificial por meio de câmaras de emissão de radiação ultravioleta (UV), prática proibida no Brasil desde 2009, descrita na Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 56/2009, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


De acordo com o chefe especial da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa), Airton Santos, o órgão está realizando fiscalizações em clínicas de estéticas para averiguar a possível presença desses equipamentos que podem causar graves riscos à saúde da pele.


“Para garantir a saúde dos maceioenses, a Visa está intensificando as fiscalizações em clínicas de estética de diversos bairros. Esse tipo de bronzeamento para fins estéticos pode ocasionar sérios prejuízos à saúde e danos à pele, como queimaduras, envelhecimento precoce e aumento da incidência de câncer de pele”, afirma.


A Visa ainda ressalta que a proibição da RDC nº 56/2009 não se aplica aos equipamentos com emissão de radiação ultravioleta, registrados ou cadastrados na Anvisa, conforme regulamento sanitário aplicável, destinados a tratamento médico ou odontológico supervisionado.


Disque Denúncia


Para denunciar irregularidades, observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, os maceioenses podem entrar em contato pelo telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24h, todos os dias, para o recebimento de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante.

FONTE: Secom

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados